Xangô, o Vencedor

Se não é exatamente uma curimba, aos poucos está se transformando, tão bela é essa canção de Ruy Maurity. Xangô, o Vencedor por Rita Ribeiro Por detrás daquela serra, Tem uma linda cachoeira! É de meu pai Xangô! Que arrebentou sete pedreiras! Foi água nascendo na fonte e espinho na flor! Do seu medo escondido… Continuar lendo Xangô, o Vencedor

Xangô a luz da Kabbalah

Quando lemos sobre Xangô, imediatamente nos vem à mente o Orixá da Justiça, descrição correta e tão repetida em milhares de textos sobre Umbanda. Além desta, que é sua principal característica, já ouvi dos mais antigos ser Xangô o chefe da Umbanda, Orixá que sustenta a religião.  Mas os textos que encontramos a respeito, focam… Continuar lendo Xangô a luz da Kabbalah

Oferendas a Xangô

Rabada Ingredientes: 12 quiabos bem retos 1 rabo de boi cortado em 12 pedaços 1 cebola azeite de dendê arroz cozido papa 1 quartinha de barro cerveja preta 1 gamela Modo de Preparo: Cozinhe a rabada com cebola e dendê. Corte a coroa dos 12 quiabos e reserve. Em uma panela separada faça um refogado… Continuar lendo Oferendas a Xangô

Uma bela lenda de Xangô

Xangô era rei de Oió, o mais temido e respeitado de todos os reis. Mesmo assim, um dia seu reino foi atacado por uma grande quantidade de guerreiros que invadiram a cidade violentamente, destruindo tudo e matando soldados e moradores numa tremenda fúria assassina. Xangô reagiu e lutou bravamente durante semanas. Um dia, porém, percebeu… Continuar lendo Uma bela lenda de Xangô

Xangô

  A vibração original de Xangô reflete a Justiça Divina. Xangô é o senhor que afere em sua Balança da Justiça todas as almas. “A cada um conforme seu merecimento.” É o responsável por fazer cumprir a Lei de Ação e Reação, a lei Kármica. Atua na Razão dos seres. Quando evocamos, o fazemos para… Continuar lendo Xangô